abr 6, 2015
abr 1, 2015

Homeopatia X Dengue

dengue_face

A homeopatia como opção terapêutica

A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pela fêmea do mosquito Aedes aegypti. Seus sintomas incluem dores nas articulações, fraqueza, dor de cabeça, perda de apetite, febre alta e manchas avermelhadas na pele. A prevenção ocorre através de cuidados básicos como uso de repelentes e eliminação dos criadouros. Atualmente o surto enfrentado no Brasil tem causado alerta em toda a população e órgãos de saúde. Aliado a isso a Homeopatia vem de encontro mostrando sua importância tanto na prevenção quanto na amenização dos sintomas nos indivíduos já infectados. A Homeopatia é uma terapêutica preconizada no mundo todo a mais de 200 anos e reconhecida internacionalmente e nacionalmente pela OMS e MS. Tem sua regulamentação pela ANVISA. Sua eficácia em epidemias vem sendo demonstrada há muitos anos como na epidemia de cólera na Europa (1831-1834), epidemia de gripe espanhola (1918), epidemia de tifo na Bahia (1925-1926) surto da dengue em São Jose do Rio Preto (2001 e 2007) e no surto da gripe suína no Rio de Janeiro (2013). O estudo mais atual que comprova o valor da Homeopatia em epidemias foi demonstrado em 2013 através do uso de um complexo homeopático preparado no Hospital de Medicina Alternativa do Estado de Goiás, onde houve uma campanha da Secretaria da Saúde com as Secretarias de Saúde Municipais e apoio do MS em 22 cidades goianas. Os resultados confirmaram que a Homeopatia é segura e eficaz, assim como também já havia demonstrado em 2007 em São Jose do Rio Preto quando também foi utilizado este complexo. Em doenças epidêmicas como a dengue a Homeopatia baseia-se no gênio epidêmico, ou seja, na análise dos sinais e sintomas da população afetada e as substâncias homeopáticas aplicadas são encontradas na matéria médica,  cujas características são  aquelas que mais se assemelham a totalidade dos sintomas, permitindo assim uma correspondência precisa com a sintomatologia individual. No período de surto epidêmico, a prescrição homeopática visa a prevenção. Com a identificação dos medicamentos que mais se assemelham aos sintomas vigentes, os indivíduos que tomarem o complexo estarão mais protegidos contra a infecção. Já quando aplicado na fase aguda, para quem já foi infectado, o medicamento faz com que a doença regrida e para os que já foram acometidos por ela, não a cronifica,  pois atua estimulando o sistema imunológico promovendo uma rápida harmonização, impossibilitando assim a forma hemorrágica em caso de reincidência.

A eficácia clínica dos medicamentos homeopáticos tanto na profilaxia quanto no tratamento da dengue está baseada em estudos científicos realizados em diferentes estados (SP, MG, RJ, GO). E está incluída na Política Nacional do Ministério da Saúde desde 2006, sendo portanto, um excelente recurso que pode ser usado pela população.

Procure um médico ou farmacêutico Homeopata!

jan 28, 2015

CURSO DE IMERSÃO

anamnese, ao laboratório e ao tratamento.

anamnese, ao laboratório e ao tratamento.

iposts